Facebook Scripts

adSense

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Paris - França

A Torre Eiffel vista do morro onde está a Sacre Cœur - Paris - França
A Torre Eiffel vista do morro onde está a Sacre Cœur


Paris é a cidade mais visitada do mundo, e ela deve ter mesmo alguma coisa que encanta o mundo inteiro.


Talvez pelo seu passado, pelas suas conquistas, ou pelo charme e riqueza de suas antigas ruas. Talvez pela gastronomia, pelo romantismo ou por qualquer outra coisa. O fato é que Paris atrai milhões de visitantes todos os anos e é o sonho de muita gente visitar essa cidade.
Seguro viagem geral 200x200
Isso também cria algumas expectativas, e talvez por isso, ou por ter conhecido primeiro Rennes (que possui a segunda melhor qualidade de vida da França), eu não tenha gostado tanto assim de Paris. Acho que a impressão que nós brasileiros temos, antes de ir, é que é uma cidade perfeita, limpa, onde tudo funciona maravilhosamente bem, as pessoas são educadas e não há pobreza. Mas é uma cidade que tem problemas como a maioria das grandes cidades do mundo: violência; gente mal educada; trânsito louco; estações de metrô com estrutura muito ruins, sujas, de escada, com cheiro de esgoto; serviço ruim nos restaurantes; sujeira na rua; etc.

Claro que isso tudo não tira o lado incrível dessa cidade, que é linda e tem uma história fantástica, que mudou o mundo várias vezes. O objetivo desse post é mostrar os dois lados de Paris.


Onde não ficar:

Como eu morava próximo a Paris, fui muitas vezes para lá. O que tornou as viagens ainda melhores foram os ótimos e animados amigos que viajaram comigo. As duas primeiras vezes que fui fiquei em albergue, e as demais na casa de amigos.

O primeiro albergue que fiquei foi o Ethic étapes - Résidence Int. de Paris, que é excelente, muito bem estruturado e com um preço bom, mas fica muito afastado do centro, o que dificulta para quem gosta de sair à noite.

Da segunda vez que fui, procuramos um albergue mais central, e de fato o encontramos, chama-se Blue Planet, mas eu não o recomendo nem para o meu pior inimigo. Foi o pior albergue que já fiquei em minha vida. Os banheiros são pequenos e ficam no corredor, sendo compartilhados por todos os hóspedes, e são imundos. Às 10h um funcionário do albergue entra no quarto gritando, colocando todo mundo para fora, pois precisa arrumar o quarto. As camas são muito desconfortáveis. Um vazamento no quarto fez com que caísse água de esgoto em cima da mochila de meu amigo.

A dica que eu tenho é: procurem um albergue mais central, mas leiam as avaliações que outros usuários deixam nos sites (hostelworld por exemplo). Achar um albergue bom e barato em Paris não é fácil, é preciso pesquisar bem.

Você encontra os albergues e hotéis com os melhores preços através da parceria do Booking com A Riqueza de Viajar, clicando aqui para ver a lista completa de hotéis e albergues em Paris, ou buscando no quadro abaixo:

Booking.com


Se locomovendo por Paris:

Uma boa opção para ganhar tempo e conhecer muitos pontos turísticos em Paris é usando os serviços de ônibus turísticos e também o sistema de metrô.

Sair à noite:

Paris é uma cidade ótima para sair em casal, jantar, etc. Mas quem é solteiro ou está em grupo, pode encontrar muita dificuldade para tomar sua cerveja e se divertir num lugar legal.

A maioria dos bares e boates fecham cedo (1h, normalmente), então é preciso se planejar e chegar cedo. Importante ir sempre muito bem vestido, com sapatos (e não tênis), não chegar bêbado, e evitar grupos grandes de homens (os seguranças na França são implicantes e sempre vão dificultar a sua entrada).

Planeje-se antes. Veja exatamente onde você vai, antes de sair. Na primeira vez que fomos, caímos no erro de achar que encontraríamos um lugar legal para sair, escolhendo apenas o bairro e saindo andando até achar. Resultado da história: Saímos tarde (não sabíamos que a maioria dos bares fechavam 1h), e quando chegamos nos bares e boates elas já estavam fechando ou já tinham fechado, fomos barrados em uma outra que fechava um pouco mais tarde, e não sabíamos mais para onde ir. Não havia mais metrô. Andamos metade do mapa de Paris no frio, de madrugada, durante horas, tentando descobrir como voltar para o albergue. O ponto alto da noite foi pedir informação a uma mendiga e ela nos oferecer uns sanduíches que possuía. Acabamos chegando em casa quase às 6h, depois de pegar um ônibus noturno. No outro dia acordamos às 8h para ir ao Louvre (Contarei no próximo post).

Um bairro legal e com muitos bares e cerveja barata para os padrões de Paris é o Quartier Latin. Um bar que gosto muito lá é o Mad Maker, que toca músicas variadas e você pode comprar cerveja na jarra de 2 litros.

Se ficar tarde ou você não souber aonde ir, há sempre a opção de beber bons vinhos no albergue, como aconteceu conosco num dos dias, no vídeo abaixo (com direito a dancinha de arrocha e tudo mais):



O Réveillon de Paris é relativamente famoso, mas todo mundo que vai acha fraco. Não há mais fogos, por medo do terrorismo. Também não tem música. Fica todo mundo olhando para a Torre Eiffel iluminada, piscando (como nos outros dias) e depois todo mundo vai para casa.

Um réveillon que recomendo muito na Europa é o de Berlim, o qual escrevi um post a respeito: Clique aqui para ler o Post sobre o Réveillon de Berlim.


Onde comer:

A gastronomia francesa é reconhecida no mundo inteiro como uma das melhores. Há muitos queijos e vinhos excelentes, além de doces sofisticados e comida um tanto exóticas, como patê de fígado de pato (foie gras).

Alguns ótimos restaurantes são:

Le Verre Siffleur - Cozinha francesa com qualidade. O brunch nesse
restaurante é bastante famoso. Cerca de 20-25 euros por pessoa.

Heureux comme Alexandre - Especialidade em fondues. O fondue
savoyarde, em especial, vale muito a pena. 16-20 euros por pessoa.

Chez Gladines - Comida basca. Os pratos são em geral bem fartos,
tanto que alguns são praticamente intermináveis. Uma boa cerveja basca
ou torta de maçã para fechar a refeição, são essenciais. 16-20 euros
por pessoa.

Cosi - Sanduíches italianos, sopas e saladas são as especialidades
aqui. Uma ótima pedida é também o cheese cake que é servido nas quartas
e sábados. Em geral o restaurante é acolhedor e muito saboroso. 12-16
euros por pessoa.

Bistro des Augustins - Especialidade aqui são os "Gratins"
(gratinados de batata). Ambiente acolhedor. 15-18 euros por pessoa.

Para quem gosta de chocolate, há um passeio muito legal chamado Paris Gourmand, todas as quartas e sextas, com visita guiada por um especialista em chocolates, a 4 fábricas de chocolates, e com degustação em cada uma delas.


Seguro Viagem

Na Europa, países signatários do acordo Schengen exigem seguro com cobertura mínima de 30 mil euros para qualquer viajante. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

No banner abaixo, disponibilizamos um comparador de Seguros da Real Seguros, através dele, você pode comparar o custo e os itens cobertos de várias seguradoras diferentes. (Ou clique aqui para ler nosso post sobre seguro viagem)



Lugares mais legais:

A quantidade de pontos a visitar em Paris tende ao infinito. É muito difícil escolher o que visitar, e também escrever sobre todos. Aqui vou citar apenas os que mais gostei, mas é claro que há muitos outros.

Os próximos dois posts serão, um especial sobre o Louvre (Como se divertir no Louvre, mesmo sem ser fã de arte), e outro sobre Versalhes.

Torre Eiffel:

Símbolo maior de Paris, a Torre Eiffel está permanentemente cheia de turistas por todos os lados. Recomendo que você vá duas vezes à torre, durante o dia e durante a noite, pois o visual muda muito nos dois momentos. Durante a noite há luzes e efeitos especiais que são muito bonitos.

Na Torre Eiffel, como em muitos pontos de Paris, há muitos vendedores de fitinhas e outras bugigangas turísticas. Fique atento, pois eles têm uma abordagem às vezes agressiva e intimidadora, e são muito chatos. Ficam insistindo muito para você comprar algo. Só responda se você tiver interesse em comprar algo, caso contrário ignore-os (não os deixe colocar a fitinha no seu braço de forma alguma, eles vão dizer que é de graça, mas vão querer cobrar depois).

Torre Eiffel durante o dia - Paris - França
Torre Eiffel durante o dia

Torre Eiffel com iluminação e efeitos especiais - Paris - França
Torre Eiffel com efeitos especiais

Torre Eiffel à noite e grandes amigos - Paris - França - Iluminação especial
Torre Eiffel e grandes amigos

Arco do Triunfo:

O Arco do Triunfo foi construído em homenagem às vitórias de Napoleão Bonaparte e contém o nome de inúmeros generais e batalhas vencidas.

Ele também tem o túmulo do soldado desconhecido e a chama eterna, que curiosamente, dizem, foi apagada apenas uma vez, e por um brasileiro, bêbado, que mijou sobre ela em meio à loucura das comemorações da Copa do Mundo de 1998, vencida pela França, justamente sobre o Brasil.

É possível entrar no Arco do Triunfo, conhecer o grande salão, e subir no terraço, de onde se pode ver boa parte da cidade. Aqui no blog, você pode comprar os ingressos para entrar no Arco do Triunfo e evitar as enormes filas que sempre há por lá:

Arco do Triunfo à noite - Paris - França
Arco do Triunfo à noite

Os napoleônicos no Arco do Triunfo - Paris - França
Os napoleônicos no Arco do Triunfo

Chama Eterna em homenagem ao Soldado Desconhecido - Paris - França
Chama Eterna em homenagem ao Soldado Desconhecido

Sacre Cœur:

Uma das mais belas construções de Paris, é sem dúvida a basílica de Sacre Cœur, ela fica no alto de um morro, com uma vista linda para a cidade inteira, e num bairro muito agradável, com muitos bares e restaurantes.

Sacre Cœur e 4 mochileiros - Paris - França
A Sacre Cœur e 4 mochileiros

Também é possível brincar de "Onde está Wally?" os caras da foto anterior estão escondidos espalhados pela escada - Paris - França
Também é possível brincar de "Onde está Wally?"
os caras da foto anterior estão escondidos espalhados pela escada

A Torre Eiffel vista do morro onde está a Sacre Cœur - Paris - França
A Torre Eiffel vista do morro onde está a Sacre Cœur

Mais um vídeo retardado feito próximo à Sacre Cœur:



Moulin Rouge:

O Moulin Rouge é o cabaré mais famoso do mundo. Tradicional e luxuoso, é visita obrigatória para os turistas e possui grande variedade de espetáculos que evocam o ambiente boêmio da Belle Époque.

Moulin Rouge com efeitos especiais - Paris - França
Moulin Rouge com efeitos especiais

Bastilha:

Outro lugar interessante para ver é o monumento em homenagem ao fato que mudou completamente o mundo. A Queda da Bastilha, durante a Revolução Francesa.

Bastilha - Paris - França
Bastilha



Considerações finais:

Há muito o que se conhecer em Paris, e para conhecer o mínimo, recomendo passar pelo menos 5 dias.

Para conhecer mais sobre a cultura francesa e outras cidades da França, veja os posts relacionados clicando aqui:
Posts sobre a França

Veja também os posts sobre o Louvre e Versalhes:
Museu do Louvre - Paris - França - Como se divertir mesmo sem ser fã de artes
Versalhes - França

Eurotrip - Primeira Vez na Europa - Vai viajar para a Europa pela primeira vez? Veja nosso roteiro com as cidades fundamentais!
Eurotrip - Rota do Amor - Um roteiro para casais apaixonados.
Roteiro Personalizado - Europa - Responda a algumas questões e receba um roteiro completo feito especialmente para você.
Nice - Conheça a praia mais bonita da França.


Curta a nossa página no facebook:
A Riqueza de Viajar no facebook


Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. AMO Paris...... lugar mágico.
    Parabens pelo blog.

    Thais
    http://curioviagens.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Perfeita descrição.
    Paris foi a maior decepção que já tive.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...