Facebook Scripts

adSense

terça-feira, 10 de novembro de 2015

El Calafate - Patagônia - Argentina

O amigo e grande parceiro de viagem, Gustavo Miranda, fez uma incrível viagem pela Patagônia e nos escreveu uma série de posts especiais sobre esse lugar incrível e gelado, a começar pelo ótimo relato contando tudo sobre a cidade de El Calafate, que vai te ajudar quando você for para lá. Confira!


Parque Nacional Los Glaciares em El Calafate



El Calafate é uma pequena cidade localizada na província de Santa Cruz, próximo à fronteira com o Chile. Possui aproximadamente 21 mil habitantes.

O nome El Calafate vem do arbusto Berberis microphylla, que nasce na região e produz uma pequena fruta da qual se fazem doces, geleias e chás.

É uma cidade em franco desenvolvimento turístico, oferecendo boa estrutura hoteleira, um aeroporto moderno e ótimas opções de turismo. Suas estradas são muito boas, sinalizadas, porém de pouco movimento. Dirigir por elas pode ser um pouco monótono pois a paisagem não muda muito ao longo do trajeto e as estradas tem poucas curvas, o que pode trazer problemas de sonolência ao motorista. Muito cuidado!

Onde ficar

Existem várias opções de hospedagem, desde hostels mais baratos até hotéis mais luxuosos e com vista para o grande lago argentino. Nos hospedamos no Schilling Hostel Patagonico, um hostel bem organizado, funcionários muito atenciosos que fornecem dicas sobre os passeios da região. Além disso, é muito bem localizado, a menos de 5 minutos a pé da calle San Martin (rua principal da cidade), que possui diversas opções de cafés, restaurantes e lojas. Os quartos não tem televisão, mas com tanta coisa legal para fazer isso não faz falta! O hostel tem uma sala de estar que tem uma TV e chá para as pessoas se servirem à vontade.

Uma ideia legal do hostel é decorar algumas paredes com mapas mundi, assim hóspedes dos mais variados lugares do mundo podem assinar o nome e a data ao lado da sua cidade de origem.

Mapa no Hostel

Um ponto negativo é que no café da manhã não está incluso presunto e queijo (eles cobram 20 pesos a mais por isso). Mas tem supermercado próximo, então compramos algumas coisas para complementar o café da manhã (pode usar a geladeira deles para guardar as compras). O pão é caseiro e bem gostoso! Tem ainda café, leite, chá, bolos e geleia.

O hostel oferece ainda um restaurante para jantar, não tem muitas opções mas a comida é muito boa e o preço justo. Comemos o típico ensopado de cordeiro patagônico e estava uma delícia! (Link do albergue)


Onde comer

Comemos uma parrilla no restaurante La Tablita que estava muito boa! O restaurante foi indicado por um dos funcionários do hostel e valeu muito a pena.

A dica de bebida é a cerveja artesanal Patagonia (também tem em outras cidades além de El Calafate), facilmente encontrada em bares, restaurantes, lojas de souvenirs. O lugar mais barato para comprar é nos supermercados, que também oferece garrafas maiores do que a tradicional long neck.

Cervejas Patagonia


O que fazer

A principal atração da região é o Parque Nacional Los Glaciares, onde fica o Glaciar Perito Moreno. Fica a 80 km de El Calafate, várias empresas oferecem o passeio para o parque. Importante informar que o valor pago não inclui a entrada no parque, esse valor tem que ser pago a parte.


Parque Nacional Los Glaciares

Para quem quer mais do que só ver o glaciar e caminhar pelas passarelas do parque, recomendo o passeio mini trekking oferecido pela empresa hielo & aventura. É feita uma caminhada de mais ou menos um hora e meia por uma região segura do glaciar. No final é servido whisky com pedras de gelo retiradas na hora do glaciar. É umas experiência indescritível caminhar pelo gelo! Eles oferecem também o transporte de ida e volta para o parque (300 pesos pagos a parte), mas vale a pena pois o acesso ao parque é bem restrito.

Mini trekking

Mini trekking com Whisky

Outra opção de passeio é o glaciarium, museu informativo sobre os glaciares. Fica um pouco afastado da cidade porém existem vans que fazem o trajeto de graça. A outra atração do glaciarium é o bar de gelo. Como o próprio nome diz, é um bar todo de gelo, bancos, copos, paredes. Tudo isso em uma temperatura de -8 graus(eles fornecem vestuário adequado). Você permanece lá por 25 minutos e tem direito a beber a vontade. Mas não se engane, você não estará sozinho lá e todos tem o mesmo direito que você, no fim das contas você bebe uns 4 drinks. Mas vale a pena a experiência!

Glacio Bar

Glacio Bar

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos e convide-os para fazer um roteiro pela Patagônia!

Veja também o roteiro completo: Roteiro de Viagem - Patagônia Argentina

Curta também nossa página Facebook e esteja sempre por dentro dos melhores roteiros e dicas de viagem:
A Riqueza de Viajar (Clique para conhecer)


Confira também os posts relacionados:
Puerto Madryn - Conheça a rica fauna repleta de baleias, pinguins e elefantes marinhos.
Ushuaia - O "Fim do Mundo", cidade da Patagônia mais ao Sul da América.
Buenos Aires - Uma das cidades mais bonitas da América do Sul
Montevidéu - Você vai se encantar com a qualidade de vida única que essa cidade oferece
Florianópolis - Tá no Sul? Então aproveite para conhecer também a Ilha da Magia
Blumenau - E não pode deixar de lado também o Oktoberfest, né?
Cuidado com Brasileiros - Viajar para o exterior é bom, mas tome cuidado com Brasileiros lá fora!


Nosso blog já tem mais de 60 posts, navegue um pouco por ele e talvez você encontre a cidade que procura ou alguma história divertida para relaxar ;)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...