Facebook Scripts

adSense

domingo, 15 de novembro de 2015

Ushuaia - Patagônia - Argentina

O amigo e grande parceiro de viagem, Gustavo Miranda, fez uma incrível viagem pela Patagônia e nos escreveu uma série de posts especiais sobre esse lugar incrível e gelado. O Post de Hoje é sobre Ushuaia. Confira!



Ushuaia é a cidade mais austral do mundo – também conhecida como o “Fim do Mundo” – tem pouco mais de cem anos e já possui uma história riquíssima. Em Ushuaia se encontra um entorno paisagístico espetacular, contornado por bosques, montanhas, rios e lagos. Ushuaia é a capital da província Tierra del Fuego e é a menor capital da Argentina. É o ponto de partida para percorrer e descobrir lugares únicos na Argentina: navegar no Canal de Beagle, alcançar o Farol do Fim do Mundo, percorrer o Parque Nacional, e partir desde sua baía até a imensa e misteriosa Antártica. Tudo isso é atrativo em Ushuaia, alimentando ainda hoje a imaginação dos aventureiros de todo o planeta, e fazendo com que Ushuaia seja um destino obrigatório em suas aventuras.

Farol de Ushuaia

Em Ushuaia, as opções são variadas em qualquer época do ano, podendo-se percorrer suas belas paisagens de carro, caminhando, a cavalo, de trem e navegando. Ainda é possível desfrutar e praticar várias atividades como: trekking, pesca, canoagem, ciclismo, visitação de estâncias e observação de flora e fauna.


Onde ficar

Existem várias opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos. Desde hotéis mais luxuosos a hostels com preço mais em conta.


Nos hospedamos na Hosteria Les Eclaireurs (Clique para conhecer). Os quartos são bem espaçosos e confortáveis e contam com frigobar. Os banheiros limpos e contam com banheira. Existe calefação em todas as dependências do hotel, inclusive nos quartos. O café da manhã era bom com pães, croissant, bolos, frios, café e chá. Outro ponto positivo é o desconto de 10% se pagar em dinheiro.

Na recepção do hostel é possível reservar alguns dos passeios disponíveis na cidade, o que é uma vantagem pois ganha-se tempo principalmente para quem vai passar pouco tempo na cidade.

O único problema do hotel é a distância para o centro (40 minutos caminhando). Mas vendo as coisas pelo positivo foi bom pois gastamos as calorias de todo o doce de leite que comemos!

A cidade é bem segura para caminhar, mesmo a noite e em áreas mais afastadas. Todos os dias íamos para o centro e voltávamos caminhando e foi bem tranquilo.


Onde comer

Como Ushuaia é uma cidade litorânea, recomendo dar preferências aos restaurantes de frutos do mar. Uma dica é comer o caranguejo gigante (centolla). Você pode pedir ele inteiro ou pratos onde vem apenas a carne. Fomos no restaurante Chicho's e foi muito bom! Pedimos centollas ao parmesão e centollas fuegina. Estava uma delícia!

Centollas


Os amantes de cerveja não podem deixar de experimentar as cervejas Beagle e Cape Horn. O lugar mais legal que encontramos para umas cervejas foi o Dublin Pub. Está sempre lotado e frequentado tanto por turistas como por locais.

Para quem gosta de chá, a dica é ir na cabana casa de té. O lugar fica bem no alto da cidade (ao lado de uma estação de esqui), então de lá a vista é bem bonita.

Cabana casa de Té

Estação de Esqui


O que fazer

Existem muitas agências de turismo na cidade, onde pode-se reservar os mais variados tipos de passeios. Recomendo a Brasileiros em Ushuaia, fizemos a caminhada para a laguna esmeralda com eles foi muito legal! Importante comentar que ela fica congelada em determinados períodos do ano.

Os passeios obrigatórios em Ushuaia são a navegação pelo canal Beagle e o parque nacional Tierra del Fuego. No centro de Ushuaia existem diversas empresas que oferecem a navegação. Fechamos o passeio com a empresa Patagonia Adventure Explorer indicada pelo hostel onde estávamos hospedados. Além do básico que é ir ao farol les eclaireurs, isla de passaros e isla de los lobos o passeio deles incluía uma caminhada de 1 hora pela isla Bridges. Durante o passeio o guia dá diversas informações sobre a região e fala sobre os yámanas, índios que habitavam a região antes da chegada dos ingleses. O passeio foi muito bom e valeu a pena!

Para o parque nacional existe a opção de ir com as vans que fazem o traslado ou fechar com alguma empresa, aí inclui o transporte e o guia. Como já tínhamos feito alguns passeios com guia resolvemos fazer esse por conta própria pois assim teríamos mais liberdade para escolher como gastar o tempo disponível. O parque é imenso, é preciso bastante disposição para caminhar. Recomendo a trilha que margeia o lago Roca e vai até a divisa da Argentina com o Chile, a trilha é bem longa, mais ou menos uma hora e meia, mas o visual é incrível! A depender da época do ano algumas atrações ficam fechadas por causa da neve, portanto é bom se programar para não ser surpreendido ao chegar lá. Dentro do parque tem estradas, então para quem não está disposto a caminhar tanto o melhor é fechar o passeio com alguma empresa.

Parque Nacional

Parque Nacional

O Centro Alakush é uma parada obrigatória dentro do parque pois tem informações importantes sobre a fauna, flora e índios da região. Conta também com banheiros(coisa rara no parque) e tem também um restaurante bem legal tanto para almoçar quanto para fazer apenas um lanche.

As duas principais ruas da cidade são a calle San Martin, onde ficam as lojas, restaurantes. A outra é a Maipú, rua que fica às margens do canal Beagle. Se não estiver de carro, procure se hospedar perto dessas ruas.


Gostou do post? Compartilhe com seus amigos e convide-os para fazer um roteiro pela Patagônia!

Veja também o roteiro completo: Roteiro de Viagem - Patagônia Argentina

Curta também nossa página Facebook e esteja sempre por dentro dos melhores roteiros e dicas de viagem:
A Riqueza de Viajar (Clique para conhecer)


Confira também os posts relacionados:
Puerto Madryn - Conheça a rica fauna repleta de baleias, pinguins e elefantes marinhos.
El Calafate - Outro incrível lugar na Patagônia!
Buenos Aires - Uma das cidades mais bonitas da América do Sul
Montevidéu - Você vai se encantar com a qualidade de vida única que essa cidade oferece
Florianópolis - Tá no Sul? Então aproveite para conhecer também a Ilha da Magia
Blumenau - E não pode deixar de lado também o Oktoberfest, né?
Cuidado com Brasileiros - Viajar para o exterior é bom, mas tome cuidado com Brasileiros lá fora!

Nosso blog já tem mais de 60 posts, navegue um pouco por ele e talvez você encontre a cidade que procura ou alguma história divertida para relaxar ;)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...